AI-5 - Página 4 de 4 - CartaCapital

Carta Capital

AI-5

General Heleno não descarta AI-5:

General Heleno não descarta AI-5: "Tem de estudar como vai fazer"

Ministro do Gabinete de Segurança Institucional negou que haja planos em curso, mas não repudiou possibilidade de novo AI-5

Por CartaCapital | 31.10.2019 17h49
Em vídeo, Eduardo Bolsonaro ataca Lula e cita Ustra para justificar AI-5

Em vídeo, Eduardo Bolsonaro ataca Lula e cita Ustra para justificar AI-5

Segundo o deputado, militantes de esquerda se inspiram nos protestos do Chile e incentivam depredação e violência no Brasil

Por Victor Ohana | 31.10.2019 16h42
OAB condena declaração de Eduardo Bolsonaro:

OAB condena declaração de Eduardo Bolsonaro: "Flerte com fascistas"

Filho 03 do presidente Jair Bolsonaro sugeriu 'novo AI-5' em entrevista à jornalista Leda Nagle

Por Victor Ohana | 31.10.2019 13h41
AI-5:

AI-5: "Que nunca se esqueça, que nunca mais aconteça"

Decreto que substituiu direitos por terror do estado garantiu a sobrevivência da ditadura

Por Maria do Rosário | 13.12.2018 17h06
Brasil ainda falha na reparação de crimes da ditadura

Brasil ainda falha na reparação de crimes da ditadura

Decretado em 13 de dezembro de 1968, o AI-5 abriu nova fase de repressão. Lei da Anistia impede até hoje punição de torturadores

Por Deutsche Welle | 13.12.2018 14h15
Os 50 anos do AI-5 e o Brasil a partir de 2019

Os 50 anos do AI-5 e o Brasil a partir de 2019

O endurecimento da ditadura serviu para cassar direitos dos trabalhadores e favorecer o grande capital. Vamos repetir os mesmos erros?

Por Pedro Paulo Zahluth Bastos | 13.12.2018 11h22
AI-5, Lei da Mordaça e a mistura entre censura política e moral

AI-5, Lei da Mordaça e a mistura entre censura política e moral

Por que o Supremo Tribunal Federal precisa enfrentar o Escola sem Partido com urgência?

Por CartaCapital | 10.12.2018 00h00
Livro relembra perseguição à comunidade LGBT durante a ditadura

Livro relembra perseguição à comunidade LGBT durante a ditadura

Na época, o anticomunismo se articulava com valores conservadores na produção de políticas repressivas de Estado contra os gays, pelos riscos que representavam à “família”, à “moral” e aos “bons costumes”

Por CartaCapital | 26.11.2014 11h23