O procurador da República no DF Frederico Paiva alegou que não há uma decisão definitiva do STF sobre a extensão da suspeição de Moro

Faltando pouco para seu discurso de abertura na 76ª Assembleia Geral da ONU, o presidente parece ter outras prioridades