A seus apoiadores, o presidente disse que 'o povo vai reagir em 2022' se o País não adotar o que ele chama de 'voto impresso auditável'

‘Galo’ se entregou voluntariamente e prestou depoimento. Esposa do entregador, que nem estava no ato, também está detida