Carta Capital

Ruanda

Migração terceirizada

Migração terceirizada

O Reino Unido propõe enviar refugiados, incluídos menores desacompanhados, para Ruanda

Por Michael Savage, Mark Townsend e The Observer | 21.04.2022 11h27
Macron admite responsabilidade da França no genocídio de Ruanda

Macron admite responsabilidade da França no genocídio de Ruanda

Massacre em 1994 deixou 800 mil mortos. Organizações dos sobreviventes acusam a França de ter treinado milícias e tropas para extermínio

Por Deutsche Welle | 27.05.2021 13h37
Marcada pela extrema pobreza, Ruanda patrocina PSG e causa polêmica

Marcada pela extrema pobreza, Ruanda patrocina PSG e causa polêmica

Objetivo do patrocínio é promover o turismo e os produtos de Ruanda, país onde 39% da população vive abaixo da linha da pobreza

Por RFI | 05.12.2019 17h50
Após 25 anos, genocídio ainda marca a política de Ruanda

Após 25 anos, genocídio ainda marca a política de Ruanda

A barbárie de 1994 afeta até hoje a relação do país africano com seus vizinhos

Por Deutsche Welle | 07.04.2019 11h34
Ruanda 20 anos depois: o trágico depoimento dos filhos do estupro

Ruanda 20 anos depois: o trágico depoimento dos filhos do estupro

Duas décadas depois do genocídio, jornalista ouve o depoimento de mulheres que foram estupradas, e dos filhos que nasceram em consequência disso. The Observer

Por CartaCapital | 14.06.2014 12h30
Paul Kagame, o impiedoso reconciliador de Ruanda

Paul Kagame, o impiedoso reconciliador de Ruanda

Há 20 anos, os rebeldes liderados por ele acabaram com o genocídio. Hoje, Kagame é o presidente de um país que cresce rapidamente. Mas ele ainda se vê em guerra. E não tolera oposição

Por CartaCapital | 08.04.2014 09h45

"Ruanda estava psicologicamente destruída", diz jornalista

Em 1994, o jornalista Alexander Kudascheff foi para Ruanda logo após o genocídio. Em entrevista, ele relata o que viu e fala sobre o papel da comunidade internacional, hoje e na época

Por CartaCapital | 07.04.2014 09h34
Ruanda: 20 anos após o genocídio, sinais de reconciliação

Ruanda: 20 anos após o genocídio, sinais de reconciliação

Em 7 de abril de 1994, teve início o genocídio contra a minoria tutsi e moderados da etnia hutu, que deixou cerca de 800 mil mortos

Por CartaCapital | 07.04.2014 09h32