CartaExpressa,Política

Mourão: aliança entre Bolsonaro e o Centrão pode confundir eleitores

Mourão: aliança entre Bolsonaro e o Centrão pode confundir eleitores

Foto:  Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O general Hamilton Mourão, vice-presidente da República, disse nesta sexta-feira 23 que uma parcela dos eleitores de Jair Bolsonaro pode se sentir ‘um pouco confundida’ com o fortalecimento da aliança entre o presidente e o outrora demonizado Centrão.

Um dos símbolos dessa nova etapa dos acordos é a provável nomeação do senador Ciro Nogueira (PP-PI), uma das principais lideranças do bloco, para a Casa Civil, no lugar do general Luiz Eduardo Ramos.

“O eleitor que é o eleitor do presidente Bolsonaro, vamos dizer assim, que é uma parcela de 25%, 30% da população, ele olha a pessoa, independente do partido em que ele está”, disse Mourão ao chegar ao Palácio do Planalto nesta sexta.

“Agora, a outra parte dos eleitores que também votaram no presidente – e aí foi uma questão mais programática e, vamos dizer assim, de visão de futuro para o País -, esses podem até se sentir um pouco confundidos. Isso vai depender obviamente, então, das ações daqui para lá”, completou.

Como mostrou CartaCapital, o discurso de Bolsonaro sobre o Centrão se transformou por completo desde as eleições de 2018.

 

 

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem