Sociedade

Mototaxista diz que idoso ‘respirava e tinha forças nas mãos’ ao ser levado a banco no Rio

A mulher que acompanhou Paulo Roberto Braga à agência seguirá presa, por determinação da Justiça

Apoie Siga-nos no

O mototaxista que ajudou Érika de Souza Vieira Nunes, de 42 anos, a colocar Paulo Roberto Braga, de 68 anos, no carro de um motorista de aplicativo disse que o idoso estava vivo naquele momento. Os detalhes do depoimento à Polícia Civil do Rio de Janeiro foram publicados nesta quinta-feira 18 pelo jornal O Globo.

Segundo o mototaxista, Braga “ainda respirava e tinha força nas mãos” quando entrou no veículo.

O idoso foi levado na última terça-feira 16 por Érika para sacar 17 mil reais em uma agência em Bangu. Ao suspeitarem de que o homem estava morto, funcionários do banco gravaram o momento em que Érika tentou fazê-lo assinar um documento. 

O motorista de aplicativo, por sua vez, relatou à polícia que o idoso chegou a segurar a porta do carro ao descer e que não notou nada de estranho durante a viagem.

A perícia inicial da Polícia Civil, porém, contesta a versão da defesa de Érika de que o idoso teria morrido no banco.

Na agência, o Serviço de Atendimento Médico de Urgências (Samu) foi chamado e um médico constatou a morte. O laudo do Instituto Médico Legal (IML), no entanto, concluiu não ser possível indicar se Braga foi levado morto até o banco ou se ele morreu no estabelecimento.

Érika está detida desde terça-feira. Nesta quinta, ela passou por audiência de custódia e a Justiça decidiu manter a prisão. A mulher responderá por vilipêndio de cadáver e por furto mediante fraude.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo