Economia

PIB cresce 4,6% em 2021 e País sai da recessão técnica

Índice registrou crescimento na Indústria e serviços. A taxa foi negativa no setor da agropecuária

Foto: Marcos Santos/USP Imagens
 Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Foto: Marcos Santos/USP Imagens Foto: Marcos Santos/USP Imagens
Apoie Siga-nos no

O Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 4,6% em 2021, segundo dados divulgados nesta sexta-feira 4 pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Com o resultado, o PIB totalizou 8,7 trilhões de reais em 2021.

O crescimento era previsto por especialistas, após o tombo histórico de 3,9% registrado em 2020, causado pela pandemia. 

“Esse avanço recuperou as perdas de 2020, quando a economia brasileira encolheu 3,9% devido à pandemia”, destacou o IBGE.

O resultado foi puxado pela recuperação do setor de serviços, com crescimento de 4,7%, seguido pela indústria, com um aumento de 4,5%. O setor do agro, no entanto, registrou uma queda de 0,2%. 

O PIB per capita alcançou um patamar de 40,688,1 de reais em 2021, o que representa um avanço real de 3,9% em comparação com o ano anterior. 

Os números apontam para uma saída da economia da recessão técnica,  caracterizada por dois trimestres seguidos de retração. 

Apesar dos números positivos, a economia ainda demorará a recuperar o patamar pré-pandemia, registrado em fevereiro de 2020. 

Os setores de turismo e lazer ainda apresentam números muito aquém daqueles registrado nos períodos anteriores aos da adoção das medidas de isolamento. 

Mesmo com o crescimento do PIB, a alta da inflação ainda preocupa os especialistas, que apontam para um cenário de estagflação. 

Para o IBGE, o cenário internacional e a proximidade das eleições presidenciais também são fatores que ajudam a desequilibrar a balança. 

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.