CartaExpressa

Britânico reage a bolsonaristas e pede respeito: ‘Este é o funeral da Rainha’

Cidadão local ainda avaliou que a postura dos militantes era um ‘desrespeito ao Brasil’

Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

Um cidadão britânico criticou a postura de apoiadores de Jair Bolsonaro (PL) em Londres durante o funeral da Rainha Elizabeth II, nesta segunda-feira 19. O ex-capitão viajou à Inglaterra para acompanhar as despedidas à monarca, mas imprimiu um tom eleitoral à sua estadia.

“Você está desrespeitando o Brasil”, disse o britânico a um militante bolsonarista, enquanto outro gritava “Globo lixo”. “Este é o dia do funeral da Rainha. Mostre um pouco de respeito”.

Na sequência, o britânico afirmou: “o presidente Bolsonaro não ficaria feliz com o seu desrespeito”.

Chefes de Estado e de governo de diversos países estavam na Abadia de Westminster na manhã desta segunda para o funeral, mas a presença de alguns líderes foi contestada pela imprensa internacional. Bolsonaro faz parte desse grupo dos “convidados que incomodam”. Vários jornais comentam que o presidente brasileiro aproveita a viagem para fazer campanha eleitoral.

Após dizer que o objetivo principal da visita seria demonstrar “um sinal de profundo respeito pela família da Rainha e pelo povo do Reino Unido”, Bolsonaro, “que parece prestes a perder as eleições presidenciais do próximo mês no Brasil – mudou imediatamente de assunto e fez um discurso de campanha, apesar do momento de luto”, ressaltou o jornal britânico The Guardian.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.