CartaExpressa

Educação do DF anuncia aquisição de detectores de metais para as escolas

Pasta justificou que a medida faz parte de um compromisso contínuo com a segurança dos estudantes e professores

|
|
Apoie Siga-nos no

A Secretaria de Educação do Distrito Federal anunciou que vai adquirir detectores de metais para as escolas públicas da capital do país.

A pasta justificou que a medida faz parte de um compromisso contínuo com a segurança dos estudantes e professores, “reforçando o ambiente educacional como um espaço seguro e protegido”.

“A introdução dos detectores de metais é uma resposta proativa, para aumentar a segurança nas escolas, visando prevenir a entrada de armas de fogo e armas brancas nos estabelecimentos de ensino”, informou a SEEDF.

“Com essa iniciativa, a SEEDF demonstra sua dedicação não apenas à excelência educacional, mas também à proteção e bem-estar de toda a comunidade escolar”, afirmou a pasta.

Ainda de acordo com a secretaria, o edital para a aquisição dos equipamentos será publicado em 40 dias.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar