CartaExpressa

Temer diz não acreditar no sucesso da 3ª via e nega boatos sobre aliança com Moro

Ex-presidente admitiu que houve sondagem para se aliar ao ex-juíz

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O ex-presidente Michel Temer, afirmou em entrevista à rádio Bandeirantes, nesta quinta-feira 16, que não acredita na viabilidade de uma candidatura de terceira via para as eleições de 2022.

“A essa altura, nós já temos praticamente quatro candidatos na chamada terceira via o que, digo eu, vai pulverizar, vai atomizar o voto.”, disse o ex-presidente. “Na terceira via, eu não sei se isto não fará com que os chamados polos se mantenham íntegros, né? Acho que hoje essa história da terceira via está um pouco destruída, né? Eu não acredito mais nela.”

Apesar da descrença, Temer elogiou a pré-candidatura da senadora Simone Tebet pelo MDB — mas não descartou, contudo, a possibilidade de o partido desistir da campanha própria e unir forças com outro candidato. 

Sobre o ex-juiz Sergio Moro, Temer afirmou que foi sondado por articulador do pré-candidato do Podemos, mas que não houve proposta. “Nada é proibido, mas nada ainda é cogitado”, disse.

Lula e Alckmin

Na avaliação do ex-presidente, uma possível aliança entre Lula e Geraldo Alckmin renderia mais frutos ao petista. Ele afirma ainda que a convivência, sendo vice de uma chapa petista “não é fácil”. 

“Eu acho que o Geraldo Alckmin também [como José de Alencar, que foi vice de Lula], de alguma maneira, amenizará as eventuais críticas que venham a ser feitas ao candidato. Eu não sei se é bom para o Geraldo Alckmin e confesso que eu não tenho capacidade de avaliação”, avaliou.

Carta Capital

Carta Capital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.