CartaExpressa

Mina da Braskem sofre rompimento em um trecho, anuncia a Defesa Civil

Segundo o órgão, o rompimento pôde ser observado em um trecho da Lagoa Mundaú, no bairro do Mutange

Créditos: Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Apoie Siga-nos no

A Defesa Civil de Maceió informou, neste domingo 10, que parte da mina da Braskem, localizada em Maceió, sofreu um rompimento. Ainda de acordo com o órgão, o rompimento pôde ser observado em um trecho da Lagoa Mundaú, no bairro do Mutange.

As imagens do rompimento foram compartilhadas pelo prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, em suas redes sociais. O prefeito afirmou que sobrevoaria a área em conjunto com técnicos para averiguação.

De acordo com boletins divulgados pela Defesa Civil, o afundamento do solo já chegou a 2,35 metros de profundidade desde o dia 30 de novembro.

Mais cedo, um boletim divulgado apontava para uma nova desaceleração no ritmo da movimentação do solo, com a velocidade indo de 0,54 cm/h para 0,52 cm/h.

A mina segue em estado de alerta para colapso pela Defesa Civil, que orienta que pessoas não caminhem no entorno da área desocupada. Diante o cenário, mais de 14 mil imóveis tiveram que ser evacuados em cinco bairros, afetando cerca de 60 mil pessoas.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.