CartaExpressa

Lula escolhe Enio Verri para o cargo de diretor-geral da Itaipu Binacional

O petista substitui o almirante Anatalicio Risden Junior, nomeado em janeiro de 2022 por Bolsonaro

O novo diretor-geral da Itaipu Binacional, Enio Verri (PT-PR). Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados
Apoie Siga-nos no

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) escolheu o deputado federal Enio Verri (PT-PR) para o cargo de diretor-geral da Itaipu Binacional, empresa hidrelétrica fundada em 1973 e controlada pelo Brasil e pelo Paraguai.

O parlamentar, que deverá renunciar ao cargo para assumir a nova tarefa, escreveu nas redes sociais que se sente “honrado” por ter sido designado ao posto.

Me sinto honrado do @LulaOficial escolher meu nome para assumir essa nova missão em Itaipu! Aceito o desafio e pretendo contribuir para o avanço econômico, tecnológico e social do nosso país”, publicou Verri.

O petista substitui o almirante Anatalicio Risden Junior, nomeado em janeiro de 2022 pelo então presidente Jair Bolsonaro (PL). O representante do governo paraguaio no mesmo cargo é Manuel María Cáceres Cardozo.

Antes da indicação de Verri, o ex-governador do Paraná Roberto Requião havia recusado um convite para assumir o posto. Requião, que se filiou ao PT para disputar o governo paranaense em 2022, tratou a sugestão como uma “humilhação”.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo