Política

assine e leia

Bolsonaro in extremis

A todo custo o demente quer ficar e confia no famigerado Artigo 142 da Constituição

General Nogueira, o boi da cara preta é bem mais simpático - Imagem: Antônio Oliveira/MD
General Nogueira, o boi da cara preta é bem mais simpático - Imagem: Antônio Oliveira/MD
Apoie Siga-nos no

Nestas páginas aparece uma figura do governo Bolsonaro. Caso comparada ao boi da cara preta, este parecerá um jovem garboso, quem sabe disposto a versejar em tardes ensolaradas. Em sua função de ministro da Defesa do Brasil de Bolsonaro, apresentamos o general Paulo Sérgio Nogueira, este sim habilitado a assustar o país que haveria de defender. Na proximidade das eleições de outubro, ele avisa que as Forças Armadas brasileiras estão sempre alerta para cumprir sua tarefa constitucional. A ameaça golpista está feita.

A tal garantia do papel dos militares consta do artigo 142, cujo teor, quero crer, escapou ao presidente da Constituinte de meio período destinada a preparar o futuro, o doutor Ulysses Guimarães. Esta referência não consta de nenhum texto constitucional de países democráticos e civilizados. É coisa nossa, tipicamente nossa, atribuir às Forças Armadas o chamado papel moderador, com o peso que pode ter qualquer passagem da nossa Carta. É nela, evidentemente, que se baseiam os militares que, desde a derrubada da monarquia, infestam o País com seu golpismo inelutável apoiado pelas armas.

Mino Carta

Mino Carta
Diretor de Redação de CartaCapital

Tags: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.