OAB repudia discurso de desembargador que atacou isolamento social

Entidade disse que aguarda o Judiciário analisar a conduta do magistrado Carlos Eduardo Contar, novo presidente do TJ-MS

O desembargador Carlos Eduardo Contar. Foto: Reprodução

O desembargador Carlos Eduardo Contar. Foto: Reprodução

Justiça

A Ordem dos Advogados do Brasil divulgou uma nota de repúdio e afirmou que aguarda o Judiciário analisar a conduta do desembargador Carlos Eduardo Contar, que criticou o isolamento social durante cerimônia de posse como presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, no sábado 23.

 

 

Em nota nesta segunda-feira 25, o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, disse que o desembargador “ofende os brasileiros” e “contribui para conduzir o país a um maior número de mortes” pela Covid-19. A entidade classificou o discurso como “desprezo” às vítimas da doença.

“O desembargador incitou o desrespeito a medidas de contenção do vírus, cometendo atentado contra a inviolabilidade do direito à vida, garantia fundamental da Constituição, e agrediu a imprensa em seu dever de informar a população”.

O discurso do desembargador foi exibido virtualmente e chegou a ser compartilhado pelo presidente Jair Bolsonaro. Conforme mostra um vídeo, Contar pede a volta ao trabalho e “fim à esquizofrenia e à palhaçada midiática fúnebre”.

“Deixemos de viver conduzidos como rebanho para o matadouro daqueles que veneram a morte, que propagandeiam o quanto pior melhor”, disse o magistrado. “Desprezemos, pois, o irresponsável, o covarde e picareta de ocasião que afirme: fiquem em casa.”

Apesar da pandemia, a cerimônia de posse foi organizada para 300 convidados, no auditório do Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, na capital Campo Grande. O TJ-MS declarou que tomaria os cuidados contra a disseminação do vírus.

 

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem