CartaExpressa,Política

‘Tudo caro’, diz Lira sobre preço dos combustíveis

‘Tudo caro’, diz Lira sobre preço dos combustíveis

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), foi às redes sociais nesta segunda-feira 13 para comentar o avanço do preço dos combustíveis no Brasil. Ele anunciou que haverá uma comissão geral no plenário da Casa na manhã desta terça com a presença do presidente da Petrobras, Joaquim Silva e Luna.

“Tudo caro: gasolina, diesel, gás de cozinha. O que a Petrobras tem a ver com isso? Amanhã, a partir das 9h, o plenário vira Comissão Geral para questionar o peso dos preços da empresa no bolso de todos nós. A Petrobras deve ser lembrada: os brasileiros são seus acionistas”, escreveu Lira.

O requerimento para a realização da sessão partiu do deputado Danilo Forte (PSDB-CE) e recebeu o endosso de líderes e parlamentares de diversos partidos. A comissão terá início às 9h, com apresentações de Lira e Silva e Luna. Os deputados inscritos terão, cada um, cinco minutos para questionar o presidente da Petrobras, que, por sua vez, terá à disposição dez minutos para cada resposta. Líderes partidários também terão cinco minutos cada.

Em agosto, segundo o IBGE, os combustíveis tiveram alta de 2,96% (em julho, o aumento foi de 1,24%). O reajuste da gasolina chegou a 2,80%, o do etanol a 4,50% e o do óleo diesel a 1,79%. Em 12 meses, a gasolina subiu 39,1%, o etanol disparou 62,3% e o diesel avançou 35,4%.

 

Junte-se ao grupo de CartaCapital no Telegram

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem