CartaExpressa

Policiais do Rio usarão câmeras nos uniformes a partir de segunda-feira

O uso do equipamento começa uma semana depois da operação policial na Vila Cruzeiro que se converteu em uma chacina

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

Policiais militares do Rio de Janeiro começarão a usar câmeras em seus uniformes na próxima segunda-feira 30.

Na primeira etapa do programa, utilizarão o equipamento agentes de nove unidades que integram o 1º Comando de Policiamento de Área: 2º BPM (Botafogo), 3º BPM (Méier), 4º BPM (São Cristóvão), 6º BPM (Tijuca), 16º BPM (Olaria), 17º BPM (Ilha do Governador), 19º BPM (Copacabana), 23º BPM (Leblon) e 1ª Companhia Independente da Polícia Militar (Laranjeiras).

Segundo a Polícia Militar do Rio, uma cerimônia às 9h de segunda na Praça do Lido, em Copacabana, marcará o início do programa. O evento terá a participação do governador Cláudio Castro (PL) e do secretário da PM, o coronel Luiz Henrique Marinho Pires.

O uso de câmera nos uniformes começa uma semana depois da operação policial na Vila Cruzeiro que se converteu em uma chacina. Na última terça 24, a ação resultou na morte de ao menos 23 pessoas. Trata-se da segunda operação mais mortal do estado, atrás da Chacina do Jacarezinho, em 2021, na qual morreram 28 pessoas.

A operação na Vila Cruzeiro teve o comando do Batalhão de Operações Especiais. O Bope, porém, não será contemplado na primeira fase do programa de uso das câmeras em uniformes.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.