CartaExpressa

MP denuncia por injúria racial, lesão corporal e ameaça mulher que agrediu casal gay em SP

O caso aconteceu em uma padaria no bairro da Santa Cecília, zona central da cidade, em fevereiro deste ano

Créditos: Reprodução Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O Ministério Público de São Paulo ofereceu denúncia contra duas mulheres acusadas de agredir um casal gay em uma padaria no bairro da Santa Cecília, zona central de São Paulo, em fevereiro deste ano.

Jaqueline Santos Ludovico e Laura Athanassakis Jordão foram denunciadas pelos crimes de injúria racial, lesão corporal, ameaça e vias de fato.

Em sua decisão, a promotora de Justiça Maria Fernanda Balsalobre Pinto destacou que deixa de oferecer acordo de não persecução penal às acusadas por não ser suficiente “à prevenção especial, prevenção geral e reprovação das condutas criminosas”.

Vídeos que circularam sobre o caso, à época, mostram que uma das mulheres tenta agredir, além de direcionar xingamentos à dupla.”Eles são viados e acham que podem fazer o que eles querem, até ir onde a gente está. Os valores estão sendo invertidos. Eu sou de família tradicional e tenho educação, diferente dessa p* aí”, diz, em um trecho da gravação. Na sequência, é possível ver a mulher dizendo a uma das vítimas, ‘você nasceu homem, então não fica pagando que você não é, seu lixo’.

Se condenadas, as penas podem chegar até 12 anos para Jaqueline e 10 anos para Laura.

ENTENDA MAIS SOBRE: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar