Assinante

Presidente do Ibama participará de live exclusiva para assinantes de CartaCapital

Os membros do clube do canal de CartaCapital no YouTube também poderão acompanhar a transmissão

Foto: Divulgação/Ibama
Apoie Siga-nos no

Após o passar a boiada’ que marcou o governo Bolsonaro, o Ibama tem incomodado quem se acostumou com a impunidade ou ainda deseja usufruir dos recursos que os biomas brasileiros podem oferecer.

Nos últimos oito meses, o órgão voltou a tomar frente das ações de proteção ao meio ambiente. Em uma das operações, desmontou a infraestrutura do garimpo ilegal em terras Yanomamis e em outra prendeu o autor dos maiores desmates individuais na Amazônia.

Para tratar do impacto destas ações e dos próximos passos do Ibama, CartaCapital convida o presidente do órgão, Rodrigo Agostinho para uma live exclusiva para assinantes. Os membros do clube do canal de CartaCapital no YouTube também poderão acompanhar a transmissão.

Data:

Terça-feira, 12 de setembro de 2023

Horário:

19h

Como participar:

  • Assinantes: Aguarde um link exclusivo no seu e-mail e prepare suas perguntas para Rodrigo Agostinho.
  • Membros do Clube no YouTube: Acesse a transmissão diretamente em nosso canal no YouTube.

Com convidados como Drauzio Varella, Flávio Dino, José Dirceu e Vladimir Safatle, as lives mensais para assinantes da CartaCapital se tornaram um espaço crítico privilegiado para entender o Brasil atual. Assinantes podem rever as edições anteriores dentro da árela logada do site da Carta.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Depois de anos bicudos, voltamos a um Brasil minimamente normal. Este novo normal, contudo, segue repleto de incertezas. A ameaça bolsonarista persiste e os apetites do mercado e do Congresso continuam a pressionar o governo. Lá fora, o avanço global da extrema-direita e a brutalidade em Gaza e na Ucrânia arriscam implodir os frágeis alicerces da governança mundial.
CartaCapital não tem o apoio de bancos e fundações. Sobrevive, unicamente, da venda de anúncios e projetos e das contribuições de seus leitores. E seu apoio, leitor, é cada vez mais fundamental.
Não deixe a Carta parar. Se você valoriza o bom jornalismo, nos ajude a seguir lutando. Assine a edição semanal da revista ou contribua com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo