CartaExpressa

Mãe de criança com autismo denuncia discriminação durante atendimento em shopping na Bahia

Funcionária teria dito que atender mãe e criança com autismo era uma “bomba”

Reprodução/redes sociais
Apoie Siga-nos no

A mãe de uma criança com autismo denunciou nas redes sociais um episódio de discriminação ocorrido em uma loja do Boulevard Shopping, em Feira de Santana (BA), na noite de quinta-feira 17. Uma funcionária da Riachuelo, segundo a mulher, teria dito que atendê-la era uma “bomba”, possivelmente por estar acompanhada do menino.

Na gravação, a mãe aparece exaltada próximo ao caixa da unidade. Ela diz ter feito compras na loja e, no momento de efetuar o pagamento, apresentou a Carteira de Identificação da Pessoa com Transtorno do Espectro Autista na fila, para ter atendimento prioritário.

Após apresentar o documento, uma das funcionárias se dirigiu a uma colega e disse: “Não me passe mais esses atendimentos bombas”. Em outro momento do vídeo, a mulher ainda pede mais respeito com crianças portadoras do TEA e é aplaudida por outros clientes da loja.

“Meu filho não é bomba, não gostei e exijo respeito, eu sou mãe e ninguém aqui está livre de ter um filho com deficiência”, acrescentou.

Em meio à repercussão do caso, a Riachuelo informou ter demitido a colaboradora. Em nota, a companhia afirmou também que o comportamento da funcionária não está de acordo com os valores defendidos pela empresa e anunciou uma nova “rodada extraordinária” de treinamentos e capacitação.

O Boulevard Shopping, por sua vez, disse ter acionado o lojista responsável para que sejam tomadas providências. Além disso, a rede alega que a abordagem “não condiz com as orientações de atendimento ao público e boas práticas adotadas pelo shopping”.

Veja o vídeo: 

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo