Sociedade

Klara Castanho agradece apoio após carta aberta sobre estupro

Atriz de 21 anos comentou posts de apoio que recebeu na internet

A atriz Klara Castanho. Foto: Reprodução Instagram
A atriz Klara Castanho. Foto: Reprodução Instagram
Apoie Siga-nos no

Klara Castanho, de 21 anos, se manifestou pela primeira vez desde a publicação na noite de sábado 25 de uma carta aberta em que revelou ter sido vítima de violência sexual, engravidado e colocado a criança para adoção. Na manhã deste domingo, a atriz agradeceu a algumas manifestações de apoio que recebeu.

“Te amo com todo meu coração”, comentou Klara em post da escritora Thalita Rebouças. As duas trabalharam juntas em três filmes. Em publicação nesta manhã de domingo, a escritora destacou: “Klarinha é mais que amiga. Depois de três filmes juntas ela virou minha filha do coração. E esse post é só pra dizer o quanto eu te amo e que eu tô com você, Klara. Segurando sua mão. Hoje e sempre”.

Klara também respondeu publicação da atriz Tais Araújo: “Eu amo você, e não é dessa vida. Obrigada, Tais.”

“Se o Brasil fosse um país sério, as pessoas envolvidas nessa tripla violência estariam presas agora! Meia dúzia de Klarinha Castanho entre os que mandam no Brasil e a gente era outro país. Todo meu amor pra você e todas as mulheres do mundo”, postou a atriz e comediante Dadá Coelho. Klara respondeu: “Te amo, Dada. Te amo.”

Em post do ator Bruno Mazzeo, que interpretou seu pai nos cinemas, Klara agradeceu: “Obrigada por esse cuidado tão grande. Obrigada!”

A atriz também comentou post de Carol Castro, com quem trabalhou em três novelas. “Carol, meu amor. Obrigada por estar e sempre ter estado aqui. Te amo. Só te amo mil vezes”, disse Klara.

 

Agência O Globo

Agência O Globo
Agência de notícias e de fotojornalismo do Grupo Globo.

Tags: ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.