Sociedade

Governo de São Paulo multa Enel em R$ 12,7 milhões por apagão

Multa vem após diversas regiões do estado ficarem sem luz por mais de 100h

Foto: Alexandre Suplicy/Reprodução
Apoie Siga-nos no

O governo do estado de São Paulo multou em R$ 12,7 milhões a Enel, concessionária responsável pelo fornecimento de energia na Grande São Paulo. A decisão foi divulgada nesta sexta-feira 17.

A multa vem após diversas regiões do estado ficarem sem luz por mais de 100h no primeiro fim de semana de novembro.

O Procon justifica a multa afirmando que a companhia não respeitou o Código de Defesa do Consumidor por deixar uma parcela da população sem luz por mais de 48h seguidas.

A Enel foi procurada por CartaCapital, mas ainda não se manifestou sobre a multa.

Prejuízos do apagão

Somadas 120h de apagão em São Paulo, os setores de comércio e serviços da cidade perderam, ao menos, 1,3 bilhão de reais em faturamento bruto. O levantamento foi feito pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo.

Segundo a entidade, o maior prejuízo foi para o setor de serviços, que deixou de faturar 930 milhões de reais. Já o comércio perdeu 465 milhões de reais com as lojas que ficaram sem operar por conta da interrupção no fornecimento de energia elétrica.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.