Sociedade

Após propagação de fake news, comunidade escolar do DF protesta contra exoneração de diretor

Denúncia baseada em mentiras foi feita pelo deputado evangélico Julio Cesar Ribeiro

Reprodução redes sociais
Reprodução redes sociais

Pais, alunos e funcionários da Escola Classe 01 do Paranoá, cidade próxima ao Distrito Federal, promoveram uma manifestação contra a exoneração do diretor da unidade, Claudinei Batista dos Santos, afastado das funções após ser vítima de propagação de fake news apoiada pelo deputado Julio Cesar Ribeiro (Republicanos-DF).

O deputado, integrante da bancada evangélica do Congresso Nacional, foi responsável por engrossar as críticas contra o gestor da escola, afirmando que a ação era uma suposta “doutrinação sexual”. 

Segundo denúncias, o diretor teria criado um “banheiro unissex” na instituição. No entanto, o caso tratava de uma reforma em uma dos banheiros para acomodar crianças com deficiência e seus cuidadores.

Sem confirmar o ocorrido, o deputado pediu providências para a Secretaria de Educação, que, pouco tempo depois, afastou o gestor do cargo. 

Em vídeo divulgado, nesta quinta-feira 13, pelo Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) nas redes sociais, o diretor se emociona com o apoio recebido. 

https://www.instagram.com/p/CYrqNhAvZFN/

“Não veio ninguém da Secretaria de Educação averiguar a polêmica, muito menos da Regional de Ensino [do Paranoá], a não ser para dizer que seríamos exonerados. Diante dessa fake news, marginalizaram a nossa escola e a equipe gestora, os professores e está tudo lá no blog de um irresponsável. A justiça será feita né e nós estamos aqui para pedir desculpa por qualquer coisa”, disse o diretor. 

Marina Verenicz

Marina Verenicz
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , , ,

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!