Ministério da Saúde retira de pauta relatório contrário ao ‘kit Covid’

Tema seria pauta de reunião da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec)

Jair Bolsonaro e Marcelo Queiroga 

Foto: Evaristo Sá/AFP

Jair Bolsonaro e Marcelo Queiroga Foto: Evaristo Sá/AFP

Saúde

O Ministério da Saúde retirou de pauta da reunião da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec), nesta quinta-feira 7, relatório encomendado pelo ministro Marcelo Queiroga que daria as diretrizes para tratamento da Covid-19 no País.

O protocolo era explícito ao afirmar que os medicamentos presentes no “kit covid” não têm eficácia comprovada contra o coronavírus. 

As novas diretrizes vão de encontro ao que defende o presidente Jair Bolsonaro. A entrada do relatório na pauta da reunião irritou integrantes do Palácio do Planalto e o incômodo chegou ao ministro da Saúde A apuração é do jornal O Globo. 

Ao portal, a pasta confirmou a retirada do documento da pauta do colegiado e informou que a exclusão foi uma iniciativa da coordenação do grupo de especialistas, que está elaborando as diretrizes do tratamento ambulatorial dos pacientes com Covid-19, diante da “publicação de novas evidências científicas dos medicamentos em análise.” “O documento será aprimorado e vai ser pautado assim que finalizado”, comunicou.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Repórter do site de CartaCapital

Compartilhar postagem