Política

‘Se o Brasil disser que sou a solução, posso examinar’, diz Temer sobre 2022

Ex-presidente disse que uma candidatura não está no horizonte, mas que ‘em política nunca se descarta nada’

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O ex-presidente Michel Temer (MDB) disse que não descarta uma candidatura ao Planalto em 2022 se houver conjuntura indicando que ‘ele é a solução’. O emedebista, no entanto, destacou que por enquanto a candidatura é apenas uma hipótese.

“Essa chamada terceira via, confesso que não está no meu horizonte. Entretanto, devo dizer, apenas por hipótese, se em um dado momento houver uma conjunção nacional, com vários setores, quase um Brasil inteiro dizendo que ‘ele é a solução porque já teve experiência, etc’, aí posso examinar”, respondeu quando questionado sobre a possibilidade em entrevista à RecordNews, nesta quarta-feira 1º.

Em diversos momentos, Temer disse que, por ora, candidatura é apenas ‘uma hipótese fora do horizonte’. Mas ressaltou com a mesma ênfase que ‘em política nunca se descarta nada’. Oficialmente o MDB lançou a senadora Simone Tebet como pré-candidata ao cargo em 2022.

Temer defendeu que seu nome pode aparecer como ‘solução’ por conta de sua experiência no cargo, que assumiu após comandar a concertação que derrubou a ex-presidenta Dilma Rousseff (PT), de quem era vice, e pela atuação no episódio da carta-recuo de Jair Bolsonaro. Foi Temer quem escreveu o texto, arrefecendo os ataques do ex-capitão aos ministros do Supremo Tribunal Federal.

Apesar de afirmar que uma candidatura não está no radar, Temer  vem publicando com mais frequência nas redes sociais desde a carta-recuo. O tom das postagens também mudou. Não é raro ver postagens que sugerem um desejo de retornar de fato à arena política.

Getulio Xavier

Getulio Xavier
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.