Pacheco evita comentar relatório da CPI e diz que tem outras prioridades

O presidente do Senado elencou temas como o pagamento de precatórios, o preço dos combustíveis e o aumento da inflação

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco. Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Política

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), evitou comentar o relatório do senador Renan Calheiros (MDB-AL) apresentado na CPI da Covid. O parecer sugere o indiciamento do presidente Jair Bolsonaro e de outras autoridades pelo descontrole da pandemia no País.

 

 

“É muito importante que a CPI se esgote, que seja encaminhada às instâncias competentes essa conclusão”, disse o presidente do Senado. Pacheco afirmou que a prioridade dele é construir soluções para um novo programa social, o pagamento de precatórios, o preço dos combustíveis e outros temas do País, com o aumento da inflação, do câmbio e do desemprego. “A presidência do Senado tem muitas coisas a contribuir para o Brasil nessas vertentes, a CPI tem um papel dela autonomamente.”

Ao falar sobre prioridades, o presidente do Senado citou, por exemplo, uma reforma tributária ampla, solicitada por governadores em substituição à mudança na cobrança do ICMS sobre os combustíveis. Pacheco disse que tentará aprovar a mudança no sistema tributária ainda neste ano. A reforma, no entanto, enfrenta resistência e ainda não há acordo para votação.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem