Educação

Lula e Paes inauguram o 1º curso de graduação do Instituto de Matemática Pura e Aplicada; veja como funcionará

Depois de passar por um ciclo básico, os estudantes podem se especializar em matemática, ciência da computação, física ou ciência de dados

(Foto: Lula)
Apoie Siga-nos no

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD) inauguraram, nesta terça-feira 2, o primeiro curso de graduação do Instituto de Matemática Pura e Aplicada, o Impa, no Rio de Janeiro.

O governo federal e a prefeitura do Rio se uniram para oferecer um curso superior gratuito.  O objetivo é capacitar estudantes de forma prática e teórica em matemática da tecnologia e inovação. Depois de passar por um ciclo básico, os estudantes podem se especializar em matemática, ciência da computação, física ou ciência de dados.

O processo de escolha dos alunos levou em conta o desempenho deles em cinco olimpíadas do conhecimento, destacando-se a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, com mais de 18 milhões de participantes. Também foram critérios a nota de matemática do Enem e entrevistas virtuais. Os 100 estudantes escolhidos vão receber moradia estudantil pago pela prefeitura e apoio financeiro.

No primeiro ano, a graduação receberá um aporte de 18,7 milhões de reais. Atualmente, o IMPA disponibiliza cursos de pós-graduação, incluindo mestrado e doutorado. A instituição é também responsável pela organização das Olimpíadas da Matemática.

Durante seu discurso, Lula relembrou as dificuldades na implementação das Olimpíadas da Matemática e pontuou que decidiu aceitar o desafio.

“Eu sou filho de uma mulher que teve oito crianças e fui o primeiro a ter um diploma técnico. Dai vem minha obsessão pela educação pública. Eu sempre digo que a educação não é privilegio para os ricos, é um direito de todos. Educação não é gasto, é investimento no futuro”, disse.

Já o prefeito Eduardo Paes, em tom de brincadeira, admitiu ter escrito seu discurso para o dia de hoje com o uso de inteligência artificial e pontuou a importância das inovações no uso da tecnologia.

“Esse discurso eu acabei de fazer, entrando aqui no Impa, a gente pediu para que o ChatGPT preparasse um discurso para mim, para eu ler diante do presidente. Agradeço a inteligência artificial, e não a minha inteligência, essa parte do discurso que acabei de ler”, disse.

Além de Lula e Paes, o evento contou com a presença de diversos ministros, com destaque para Anielle Franco, da Igualdade Racial, que se filiou ao PT nesta segunda-feira 1º. Há expectativas de que a ministra possa compor a chapa para a reeleição da Paes. O prefeito, contudo, reluta e prefere o deputado federal Pedro Paulo (PSD) como parceiro na disputa eleitoral.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo