Política

José Levi pede demissão da AGU; é a terceira mudança no alto escalão do governo em um dia

Levi assumiu a AGU em abril de 2020, quando André Mendonça foi escolhido para substituir Sergio Moro na Justiça

O ex-ministro-chefe da AGU José Levi. Foto: Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
O ex-ministro-chefe da AGU José Levi. Foto: Foto: Wilson Dias/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O ministro-chefe da Advocacia-Geral da União, José Levi, pediu demissão do cargo na tarde desta segunda-feira 29.

É o terceiro integrante do alto escalão a deixar o governo de Jair Bolsonaro no mesmo dia: primeiro, Ernesto Araújo pediu demissão do Ministério das Relações Exteriores; depois, o general Fernando Azevedo e Silva foi retirado do Ministério da Defesa por Bolsonaro.

Levi assumiu a AGU em abril de 2020, quando André Mendonça, então dono do posto, foi escolhido por Bolsonaro para substituir Sergio Moro no Ministério da Justiça. Antes, ocupou o cargo de procurador-geral da Fazenda Nacional.

Levi também foi consultor-geral da União, procurador-geral adjunto de Consultoria Tributária e Previdenciária e procurador federal.

Uma das explicações para a saída é a tentativa de Bolsonaro, deflagrada na semana passada, de suspender no Supremo Tribunal Federal as medidas de três estados contra a disseminação da Covid-19.

Na ocasião, a Ação Direta de Inconstitucionalidade foi rejeitada pelo ministro Marco Aurélio Mello, que criticou o fato de ela ter sido assinada pelo próprio Bolsonaro, e não pela AGU.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.