Política

Interventor federal no DF anuncia novas ações contra acampamentos bolsonaristas

‘Não permitiremos a continuidade de concentrações que funcionem como incubadoras de planos contra o Estado Democrático de Direito’, escreveu

Foto: Sergio Lima / AFP
Apoie Siga-nos no

O interventor federal no Distrito Federal, Ricardo Cappelli, afirmou nesta segunda-feira 9 que os terroristas bolsonaristas “seguirão sendo identificados e punidos”. Ele ainda anunciou novas ações contra acampamentos golpistas em Brasília.

“Já estamos em campo novamente. Os criminosos seguirão sendo identificados e punidos”, escreveu em uma rede social. “Não permitiremos a continuidade de concentrações que funcionem como incubadoras de planos contra o Estado Democrático de Direito”.

Ainda no domingo 9, o presidente Lula (PT) decretou intervenção federal horas após os vândalos invadirem as sedes dos três Poderes: Palácio do Planalto, Congresso e Supremo Tribunal Federal.

Para o petista, a intervenção vale para todas as decisões relativas à segurança pública foi necessária porque os policiais militares do DF foram lenientes para conter os bolsonaristas.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo