Política

Intenção de voto em Lula chega a 45% e Bolsonaro fica com 21%, diz Vox Populi

Após o petista e o atual presidente, quem aparece melhor na disputa é Ciro Gomes (PDT) com 4% ou 5%

O ex-presidente Lula. Foto: Ricardo Stuckert
O ex-presidente Lula. Foto: Ricardo Stuckert

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue com boa vantagem nas intenções de votos para 2022. É o que confirma a pesquisa do instituto Vox Populi, encomendada pelo Partido dos Trabalhadores e divulgada nesta quinta-feira 11. O levantamento mostrou o petista variando entre 44% e 45% a depender do cenário apontado para o primeiro turno e Jair Bolsonaro em segundo lugar, com 21%.

Após Lula e Bolsonaro, quem aparece melhor na disputa é Ciro Gomes (PDT) com 4% e 5%. Sergio Moro (Podemos) e José Luiz Datena (PSD) têm 3%, independentemente do cenário. João Doria (PSDB), Eduardo Leite (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM) aparecem com apenas 1%. Rodrigo Pacheco (PSD) não pontuou.

Foto: Reprodução

De acordo com o levantamento, o petista também lidera nas possibilidades pesquisadas para o segundo turno. Lula aparece com 52% contra o atual presidente, que tem 24%. Já em uma disputa com Ciro Gomes, Lula teria 49% contra apenas 15% do adversário. João Doria, por sua vez, teria 10% e o petista marcaria 53%.

O ex-presidente também aparece na dianteira na pesquisa espontânea, em que não são apontados nomes de possíveis candidatos. Neste caso, o petista tem 28% da preferência, Bolsonaro 15%, Ciro é citado por 2% dos entrevistados e Moro marca 1%.

Brasil insatisfeito

A pesquisa também mediu a satisfação da população com a situação do Brasil atualmente. Ao todo, 78% dos entrevistados indicaram estar insatisfeitos ao descrever como se sentem em relação ao País hoje e 19% disseram que estão satisfeitos.

Os entrevistados também avaliaram o modo de vida atual quando comparado à década anterior: 48% dos brasileiros disseram que hoje vivem muito pior do que no Brasil de dez anos atrás. Outros 19% indicaram que a piora foi leve e apenas 16% avaliaram que o País melhorou um pouco (11%) ou muito (5%) neste período.

Bolsonaro em baixa

A avaliação do desempenho de Bolsonaro também foi medida pela Vox Populi. Ao todo, 51% dos brasileiros apontaram a atuação do ex-capitão como negativa e 19% indicaram ver as ações do presidente de forma positiva. Em maio deste ano, a avaliação negativa era de 48% e a positiva 22%.

Questionados se aprovam ou não o desempenho de Bolsonaro, 69% dos brasileiros disseram reprovar a atuação do ex-capitão no Planalto. Apenas 27% aprova ao menos um pouco as ações do presidente.

Para a pesquisa Vox Populi foram entrevistadas 2 mil pessoas em todas as regiões do país, entre 30 de outubro e 4 de novembro. A margem de erro é de 2,2 pontos percentuais e o intervalo de confiança é de 95%.

Confira a íntegra da pesquisa:

pesquisavoxpopuli-nov21

Assine nossa newsletter

Receba conteúdos exclusivos direto na sua caixa de entrada.

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fonte confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!