Política

‘Inconstitucional’: MPF defende veto de Lula ao PL do Marco Temporal

O presidente tem até sexta-feira 20 para sancionar ou vetar o projeto de lei

Indígenas comemoram vitória sobre marco temporal, mas estão alertas à continuidade do julgamento - @kamikiakisedje / APIB
Apoie Siga-nos no

O Ministério Público Federal defendeu nesta quinta-feira 19 que o presidente Lula (PT) vete o projeto de lei do Marco Temporal para demarcação de terras indígenas, aprovado pelo Congresso Nacional. Segundo o órgão, o texto é inconstitucional. 

Conforme o PL, os indígenas somente teriam direito às terras que estavam em sua posse em 5 de outubro de 1988. O Supremo Tribunal Federal, no entanto, definiu que a proteção constitucional das áreas indígenas independe de um Marco Temporal ou da configuração de conflito físico ou judicial persistente à data da promulgação da Constituição.

Para o MPF, o projeto é inconstitucional, uma vez que não é possível mudar o estatuto jurídico das terras indígenas por uma lei. O órgão também destaca a decisão tomada pelo STF.

Além disso, indica que a ocupação de territórios tradicionais é prevista em cláusula pétrea e não ser alterada nem por emenda constitucional.

Segundo a Câmara de Populações Indígenas e Comunidades Tradicionais, vinculada à Procuradoria-Geral da República, o texto representa uma ameaça ao direito dos indígenas ao próprio território.

Lula tem até sexta-feira 20 para sancionar ou vetar – integral ou parcialmente – o projeto. 

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo