Política

Deputada pede afastamento de Eduardo Bolsonaro de comissão após ataques à China

Segundo Perpétua Almeida (PCdoB-AC), atitude do filho do presidente pode prejudicar ‘históricas relações’

Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Foto: Agência Câmara
Deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Foto: Agência Câmara
Apoie Siga-nos no

A coordenadora da Frente Parlamentar Mista de Fortalecimento da Cooperação entre os Países do Brics, a deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB-AC), confirmou nesta quarta-feira 25 que pediu o afastamento do também deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) do posto de presidente da Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara.

“Apresento requerimento ao plenário pedindo destituição do deputado Eduardo Bolsonaro da presidência da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara. Uma instituição que se deve dar ao respeito não pode permitir que seus membros achincalhem outros países prejudicando históricas relações”, disse a deputada do PCdoB nas redes sociais.

Na segunda-feira 23, Eduardo Bolsonaro usou as redes sociais para declarar apoio a uma “aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”. No dia seguinte, porém, o filho do presidente Jair Bolsonaro apagou a postagem.

Na noite da terça-feira 24, a embaixada da China no Brasil afirmou em nota que as mensagens publicadas por Eduardo são “infundadas” e “solapam” a relação entre os países. A representação chinesa ainda declarou que “insta” pessoas que fazem tais declarações “a deixar de seguir a retórica da extrema direita norte-americana, cessar as desinformações e calúnias sobre a China e a amizade sino-brasileira e evitar ir longe demais no caminho equivocado, tendo em vista os interesses de ambos os povos e a tendência geral da parceria bilateral. Caso contrário, vão arcar com as consequências negativas e carregar a responsabilidade histórica de perturbar a normalidade da parceria China-Brasil”.

Segundo Perpétua Almeida, é “inacreditável que o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, fique calado, assistindo ao filho insultar a China, maior parceira comercial do Brasil”. Ela ainda afirmou que, na disputa entre China e EUA em torno da tecnologia 5G, “o Brasil se comporta defendendo interesses de terceiros e não os seus”.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.