CartaExpressa

‘Deixa com a gente essa parte’, diz Bolsonaro sobre ‘ficar de olho’ nas urnas

Sem qualquer prova, o ex-capitão também afirmou que uma vitória de Lula levaria a gasolina ‘a 20 reais’

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta sexta-feira 28 que “ficará de olho” nas urnas eletrônicas durante as eleições deste ano e voltou a atacar, sem apresentar quaisquer evidências, o ex-presidente Lula, líder das pesquisas de intenção de voto.

Na residência oficial, o ex-capitão ouviu de um apoiador que “tem que ficar de olho nas urnas”. Bolsonaro, então, respondeu: “Deixa com a gente isso aí. Deixa com a gente essa parte”.

Ele também disse ser “impressionante ver gente dizendo que ele [Lula] tem que voltar” e “que a gasolina vai voltar a 3 reais”.

“Se um dia ele voltar, vai voltar a 20 [reais]”, emendou o presidente, sem citar qualquer argumento para justificar a alegação.

Na interação com seus militantes, Bolsonaro ainda lamentou ter passado dois de seus três anos de mandato até aqui sob a pandemia. “Não é fácil enfrentar o Estado aparelhado contra você e em uma pandemia”, completou.

As insinuações injustificadas de fraudes no sistema eleitoral estão no centro de um novo embate entre o presidente e o Supremo Tribunal Federal. Nesta sexta, o ministro Alexandre de Moraes negou o recurso apresentado pela Advocacia-Geral da União e manteve a data-limite para Bolsonaro prestar depoimento à Polícia Federal sobre o vazamento de inquérito sigiloso da corporação.

Bolsonaro divulgou o inquérito em uma entrevista à Jovem Pan, no ano passado, para levantar suspeitas de que as urnas eletrônicas não seriam confiáveis, mas não apresentou comprovações de que o resultado do pleito foi alterado. O Tribunal Superior Eleitoral também negou ocorrências de fraude.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.