Política

Cresce a insatisfação com o governo entre os eleitores de Bolsonaro, revela pesquisa

Em apenas 15 dias, a reprovação ao atual governo saltou cinco pontos percentuais, atingindo 1 a cada 3 eleitores do ex-capitão

Foto: Alan Santos/PR
Foto: Alan Santos/PR
Apoie Siga-nos no

O presidente Jair Bolsonaro (PL) é reprovado por 1 a cada 3 dos seus eleitores no segundo turno de 2018, de acordo com a nova rodada da pesquisa PoderData, divulgada nesta quinta-feira 25.

O resultado (32%) marca um crescimento de cinco pontos percentuais em apenas 15 dias, indicando aumento da insatisfação entre os antigos apoiadores do atual governo.

Mesmo com o avanço, Bolsonaro ainda tem maioria de aprovação entre aqueles que o escolheram na última eleição nacional. Ao todo, 63% dos entrevistados marcaram avaliação positiva ao trabalho do ex-capitão na pesquisa desta quinta. Há duas semanas, o volume era de 66%.

Os números ainda são menores do que no resultado geral, quando o trabalho do atual governo é reprovado por 54% dos eleitores e aprovado por 38%.

A pesquisa desta quinta-feira também mostra que Bolsonaro perdeu 43% dos eleitores daquele segundo turno. A maioria dos arrependidos (23%), segundo o levantamento, deve votar em Lula (PT).

Desta fatia do eleitorado Ciro Gomes (PDT) herda 4%; Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante) receberam 3% cada. Luciano Bivar (UB), João Doria (PSDB) e Eymael (PSC) conseguiram atrair 1%.

Já entre os eleitores de Fernando Haddad (PT) naquele segundo turno, 76% afirmam que votarão em Lula em 2022. O atual presidente herda 6% de quem não pretende repetir o voto no PT. Veja os números:

Para chegar aos resultados, a pesquisa PoderData entrevistou 3 mil pessoas entre os dias 22 e 24 de maio. A margem de erro do levantamento é de 2 pontos percentuais e o nível de confiança é de 95%. No recorte geral, a pesquisa mostrou liderança de Lula (PT) no primeiro e no segundo turnos.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.