CartaExpressa

CPI do MST convoca Gonçalves Dias, ex-ministro do GSI, e poupa Rui Costa

Por se tratar de uma convocação, Dias é obrigado a comparecer. Ainda não há data prevista para o depoimento

O ex-ministro do GSI, general Gonçalves Dias. Foto: José Cruz/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

A CPI aberta para investigar as ações do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra aprovou, nesta terça-feira 11, a convocação do general Gonçalves Dias, ex-ministro do Gabinete de Segurança Institucional de Lula (PT), para depor como testemunha no colegiado.

Por se tratar de uma convocação, ele é obrigado a comparecer. Ainda não há data prevista para o depoimento.

Os parlamentares argumentaram que Dias precisaria explicar as ações da Agência Brasileira de Inteligência no monitoramento de ocupações realizadas pelo MST entre janeiro e março deste ano. O requerimento de convocação foi apresentado pelo deputado Ricardo Salles (PL-SP).

Além do general, a comissão também analisaria a convocação do ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, mas o pedido foi retirado. Esta é a segunda vez que o colegiado tenta obrigar o ex-governador baiano a prestar esclarecimentos no colegiado. A estratégia visa criar um foco de desgaste com o governo Lula.

De autoria do deputado Evair de Melo (PP-ES), o pedido de convocação cita a necessidade de ouvir o ministro sobre as recentes iniciativas promovidas pelo MST na Bahia. O documento ainda prevê questionamentos sobre a portaria editada em 2016 pela Polícia Militar baiana a estabelecer diretrizes sobre a execução de mandados judiciais de reintegração de posse.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo