Política

Bolsonaro ignora dados e sugere ter o apoio da ‘maior parte da população brasileira’

O ex-capitão ainda alegou conseguir ‘manter esse governo em pé’

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O presidente Jair Bolsonaro ignorou as principais pesquisas de avaliação de seu governo e insinuou, nesta quinta-feira 27, ter o apoio da “maior parte da população brasileira”. A declaração é desmentida por levantamentos conduzidos por diversos institutos.

“Tem muita gente contra a gente. Mas, graças a Deus e à maior parte da população brasileira, a gente está conseguindo manter esse governo em pé. A gente afirma, da maneira como estamos nos comportando, que mesmo com dois anos de pandemia temos tudo para, em poucos anos, mudar o destino do nosso Brasil”, disse Bolsonaro em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Pesquisa Ipespe divulgada nesta quinta-feira 27 mostra que 55% dos brasileiros consideram o governo Bolsonaro ruim ou péssimo. Para 23%, ele é bom ou ótimo e para 21% é regular.

O índice de 55% de ruim ou péssimo é o maior desde o início da atual gestão, em janeiro de 2019.

De acordo com levantamento Genial/Quaest publicado em 12 de janeiro, o governo do ex-capitão é “pior do que o esperado” para 36% de seus eleitores no 2º turno de 2018. Conforme a pesquisa, a insatisfação é ainda maior entre a população geral: 55% assinalaram a mesma opção, enquanto 28% disseram que a gestão não está nem melhor, nem pior. Apenas 15% afirmaram que o governo supera as expectativas.

Já a mais recente rodada do PoderData, divulgada em 21 de janeiro, aponta que a reprovação ao governo chega a 60% do eleitorado, enquanto a aprovação é registrada por 33%. O trabalho do presidente é avaliado como ruim ou péssimo por 53%, como bom ou ótimo por 25% e como regular por 18%.

As avaliações, altamente negativas, se refletem no cenário eleitoral. O levantamento Ipespe divulgado nesta quinta reforça o favoritismo do ex-presidente Lula, que chega a 44%, enquanto Bolsonaro aparece com 24% no principal cenário de 1º turno.

Nos desenhos de 2º turno monitorados pelo instituto, Lula venceria todos os adversários por uma diferença de pelo menos 19 pontos. Bolsonaro, por sua vez, perderia para todos os concorrentes.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.