Bolsonaro diz que vai “ajudar” Russomanno: “Amigo de velha data”

Candidato a prefeito de São Paulo pelo Republicanos tenta associar sua imagem ao presidente da República

O candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O candidato à Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (Republicanos). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Política

O presidente Jair Bolsonaro disse que irá ajudar Celso Russomanno (Republicanos) na disputa eleitoral pela Prefeitura de São Paulo. A declaração ocorreu na capital paulista, nesta segunda-feira 5, segundo informação do jornal Folha de S. Paulo.

“Eu não pretendia entrar nas decisões de eleições municipais, mas Russomanno é amigo de velha data e estou pronto para ajudá-lo no que for preciso”, disse Bolsonaro.

A aliança entre Bolsonaro e Russomanno é cada vez mais explícita. No debate exibido pela TV Band, Russomanno disse que sua amizade com o presidente possibilitará a criação de um auxílio financeiro paulistano com recursos do governo federal.

Na ocasião, Russomanno lembrou ainda a visita que fez a Bolsonaro no hospital, em setembro. O candidato disse que o chefe do Palácio do Planalto pegou em seu braço e disse: “Celso, cuide de São Paulo”.

Por parte de Bolsonaro, o aceno também é claro. Em transmissão ao vivo nas redes sociais em 24 de setembro, ele afirmou que havia assumido o “compromisso” de não entrar nas eleições municipais, mas que “pode mudar de ideia” e influenciar as disputas nas cidades de São Paulo, Santos e Manaus, onde disse ter candidatos favoritos.

De acordo com pesquisa divulgada na semana passada pelo Ibope, Russomanno lidera as intenções de voto, seguido do prefeito Bruno Covas (PSDB) e do líder do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto, Guilherme Boulos (PSOL).

Hoje pela manhã estive no hospital Albert Einstein para visitar o nosso presidente Jair Bolsonaro, que passou por uma…

Posted by Celso Russomanno on Saturday, September 26, 2020

Responda nossa pesquisa e nos ajude a entender o que nossos leitores esperam de CartaCapital

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem