Justiça

Aras arquiva pedido de investigação contra Paulo Guedes por ter mantido filha na direção de empresa offshore

Procurador-geral entendeu que não há irregularidades na conduta do ministro da Economia no caso

O procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras e o ex-ministro da Economia, Paulo Guedes - Foto: MPF
O procurador-geral da República (PGR), Augusto Aras e o ex-ministro da Economia, Paulo Guedes - Foto: MPF
Apoie Siga-nos no

O procurador-geral da República Augusto Aras arquivou uma representação movida por parlamentares que pedia para investigar o ministro da Economia Paulo Guedes por manter uma empresa offshore sediada no exterior ao mesmo tempo em que exerce o cargo no governo federal.

Desta vez, os parlamentares argumentaram que Guedes omitiu da Comissão de Ética do governo federal o fato de ter indicado sua filha e sua esposa para assumirem a direção da offshore depois que ele assumiu o cargo de ministro da Economia. Com base nessa informação, eles pediram a Aras para investigar se Guedes usou informações privilegiadas para obter lucros indevidos por meio da sua offshore ou se cometeu falsidade ideológica pela suposta omissão da informação.

A defesa, representada pelos advogados Ticiano Figueiredo e Pedro Ivo Velloso, argumentou à Procuradoria-Geral da República que a filha de Guedes foi incluída como diretora “para tratar, apenas, de questões burocráticas, não possuindo ingerência na administração dos recursos ou investimentos”. Argumentaram ainda que a gestão da aplicação dos recursos é feita por um administrador independente, sobre o qual Guedes não teria nenhuma ingerência.

Diante dessas informações, Aras determinou o arquivamento do caso. “A abertura de investigação demanda um suporte mínimo, que se refere à verossimilhança dos fatos supostamente ilícitos apontados e à probabilidade de que haja meios eficazes de apuração, o que não ocorreu no presente caso”, escreveu o procurador-geral.

Em dezembro, Aras já havia arquivado outra investigação preliminar que iria apurar se Guedes cometeu alguma irregularidade na manutenção da offshore. O procurador-geral opinou que, como o patrimônio no exterior havia sido informado às autoridades brasileiras, não havia indícios de crimes no caso.

Agência O Globo

Agência O Globo
Agência de notícias e de fotojornalismo do Grupo Globo.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.