Justiça

Crítico à privatização da Eletrobras, ministro do TCU cobra informações sobre o processo

Vital do Rêgo contraria o Ministério da Economia com questionamentos sobre a operação

A privatização da Eletrobras está em curso. Foto: Reprodução
A privatização da Eletrobras está em curso. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União, solicitou ao presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp Nascimento, informações sobre a privatização da empresa. O ofício foi encaminhado na segunda-feira 2.

O magistrado é um notório crítico da privatização da Eletrobras e pediu adiamento do julgamento na Corte que analisa a legalidade do processo. Segundo ele, a companhia está sendo vendida por um valor menor do que representa e faltam estudos para mensurar possível aumento de tarifas nas contas de luz após a operação.

No documento ao presidente da Eletrobras, Vital do Rêgo pede uma série de detalhes sobre a operação da empresa.

Ele questiona, por exemplo, se recursos de um empréstimo compulsório de energia foram aplicados na usina hidrelétrica de Itaipu e qual o valor dessa parcela. Também requer dados sobre a indenização de atividades de geração elétrica, sobre um processo em tramitação na Câmara de Comércio de Estocolmo e sobre a participação de empresas em consórcios responsáveis pelos estudos de modelagem da privatização da Eletrobras.

Além disso, o ministro solicita o recebimento de comunicados de mercado e atas da empresa.

Rêgo estipulou o prazo de cinco dias para a obtenção das informações. O ato preocupa o governo federal por atrasar o processo de privatização da Eletrobras, um dos principais projetos do ministro da Economia, Paulo Guedes.

O governo queria a autorização da venda até abril, para que a operação se concretizasse ainda neste ano. Contudo, com a aproximação do período eleitoral, há riscos de que a operação não ocorra em 2022.

Victor Ohana

Victor Ohana
Repórter do site de CartaCapital

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.