Educação

Em nova troca de direção, Inep vai para mão de executivo da Casa Civil

Alexandre Lopes foi nomeado após a demissão de Elmer Vicenzi, que se envolveu em uma desavença com a consultoria jurídica do órgão

Apoie Siga-nos no

O MEC anunciou nesta sexta-feira 17 o novo presidente do Inep: Alexandre Ribeiro Pereira Lopes, diretor legislativo na Secretaria Executiva da Casa Civil da Presidência da República, mesmo órgão de origem do ministro da Educação, Abraham Weintraub. Ele é servidor público de carreira na área de comércio exterior, formado em Engenharia Química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Direito pela Universidade de Brasília (UnB). Ou seja, mais um órgão importante do MEC comandado por alguém que não é da área de educação.

Inep passa pela terceira troca de presidente no governo Bolsonaro

Lopes foi nomeado após a demissão do delegado Elmer Vicenzi no início da noite desta quinta-feira, 16. Vicenzi ficou no cargo por 20 dias apenas e foi nomeado pelo então ministro Vélez Rodríguez, após a demissão de seu antecessor Marcus Vinicius Rodrigues, que se envolveu na polêmica sobre os exames de avaliação da alfabetização. É a terceira vez que o posto é trocado durante o governo Bolsonaro.

Segundo o Ministério da Educação, foi o próprio Vicenzi que teria pedido seu desligamento. A exoneração, no entanto, teria acontecido devido a uma desavença com a consultoria jurídica do Inep, que desaconselhou o acesso, por parte do MEC, a dados pessoais de alunos para emissão de uma carteirinha estudantil que o governo pretende lançar. O parecer foi uma resposta ao Ministério da Educação que solicitou acesso aos dados do Censo da Educação Superior. O objetivo seria o de retirar o poder de entidades como União Nacional dos Estudantes (UNE), que têm nesse serviço sua principal fonte de receita.

Segundo informações da imprensa, em relação à aquisição dos dados, tarefa irregular, Vicenzi estava alinhado com Abraham Weintraub, mas, por outro lado, o seu rendimento não vinha convencendo o ministro, que optou pela troca. O Inep é responsável pela realização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que deve acontecer nos dias 3 e 10 de novembro, além de outras provas como Revalida, Encceja e Enade, entre outras; avaliações (Sinaes, Saeb); censos da educação e estatísticas sobre a educação brasileira, como as que formam o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.