Educação

Em lançamento do ITA no Ceará, Lula admite que salário de professor tem de subir

O presidente anunciou o lançamento de mais 100 institutos federais ao longo de seu mandato

Ricardo Stuckert/PR
Apoie Siga-nos no

O presidente Lula (PT) admitiu, durante evento no Ceará nesta sexta-feira 19, que o salário dos professores brasileiros é “pequeno” e manifestou o desejo de elevar os rendimentos da categoria quando a economia estiver “recuperada”.

O petista participou da cerimônia a marcar o início da construção do campus do Instituto Tecnológico de Aeronaútica em Fortaleza.

“O salário do professor é pequeno. O piso ainda é baixo”, disse. “Às vezes, a gente não pode pagar, mas o negócio é que a função de professor é muito nobre. Professor ganha um salário que, às vezes, não dá para dar para os filhos comerem.”

Lula mencionou na sequência a valorização salarial ao falar sobre as prioridades de sua gestão na educação.

“Estamos tentando recuperar a economia deste País e, quando a gente recuperar, a gente vai tratar da educação com mais carinho”, prosseguiu o presidente. “E cuidar da educação é melhorar o salário e a quantidade de trabalho dos professores brasileiros.”

Durante seu discurso, ele ainda anunciou o lançamento de mais 100 institutos federais ao longo de seu mandato e disse querer “exportar conhecimento e inteligência brasileira”.

As instalações do ITA serão construídas na Base Aérea da capital cearense. Trata-se da segunda unidade do instituto ligado à Aeronáutica e a primeira fora de São José dos Campos (SP).

O Ministério da Educação informou ter repassado 50 milhões de reais ao governo estadual para a construção do campus, que deve ofertar cursos de Engenharia das Energias Renováveis e Engenharia de Sistemas.

As atividades plenas deverão começar em 2027. Para as duas formações, a expectativa é que o vestibular ocorra ainda em 2024 e que, durante 2025 e 2026, as turmas estudem no ITA de São Paulo.

Nos últimos dois dias, Lula dedicou a agenda a um périplo por três estados do Nordeste. Antes da solenidade no Ceará, por exemplo, o petista participou da cerimônia de compromisso para construção de uma Escola de Sargentos em Pernambuco.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.