Economia

Lula deve editar MP para elevar salário mínimo para R$ 1.320, diz ministro do Trabalho

A expectativa é que a MP seja assinada até o feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio; as declarações foram dadas a jornalistas após reunião com o petista nesta quinta-feira

O presidente, Luiz Inácio Lula da Silva, e o ministro do Trabalho, Luiz Marinho, durante encontro com dirigentes de centrais sindicais, no Palácio do Planalto. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
Apoie Siga-nos no

O ministro do Trabalho, Luiz Marinho, disse a jornalistas que o presidente Lula (PT) deve editar uma medida provisória nos próximos dias a elevar o salário mínimo de 1.302 para 1.320 reais. A expectativa é que a MP seja assinada até o feriado do Dia do Trabalho, em 1º de maio.

A medida já havia sido sinalizada pelo presidente. O petista, porém, ainda não detalhou de onde virão os recursos para bancar o aumento.

“Vamos mandar em dois formatos. [O aumento do salário mínimo para] R$ 1.320 vai por medida provisória [para o Congresso Nacional], e a política de recuperação permanente, de valorização permanente do salário mínimo irá por projeto de lei”, disse Marinho após reunião com Lula nesta quinta-feira 27.

O governo ainda estuda enviar ao Congresso um projeto de lei para estabelecer a política nacional de valorização do salário mínimo. De acordo com Marinho, a política de reajustes do mínimo terá como referência o PIB cheio mais a inflação – o ministro não afirmou quando o texto chegará ao parlamento.

“[A matéria] tem esse ano para tramitar porque a primeira validade será janeiro do ano seguinte, considerando a reposição da inflação, acrescida do PIB consolidado, ou seja, dois anos anteriores. A mesma forma que teve validade no governo Lula e do governo Dilma”, completou.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo