Cultura

assine e leia

Uma vida real, mas inventada

José Luís Peixoto combina biografia e romance para narrar, a partir da velhice, a história do empresário português Rui Nabeiro

Imagem: Patrícia Santos Pinto
Apoie Siga-nos no

Na obra do escritor português ­José Luís Peixoto, a memória e seus meandros têm um papel fundamental. E não é diferente Almoço de Domingo, que foi originalmente publicado em 2021 e chega agora ao Brasil. Mas, no novo romance, o autor, embora se mantenha ancorado à memória, experimenta diferentes gêneros, atravessando narrativas como a biográfica e a histórica.

“O passado tem de provar constantemente que existiu. Aquilo que foi esquecido e o que não existiu ocupam o mesmo lugar. Há muita realidade a passear-se por aí, frágil, transportada apenas por uma pessoa”, diz o narrador. Esta é uma questão fundamental do livro: o lugar único que uma pessoa e suas lembranças ocupam no mundo.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.