CartaExpressa

Reunião de líderes confirma: PEC do Voto Impresso vai ao plenário da Câmara nesta terça

Nesta segunda, Jair Bolsonaro admitiu que a proposta, que virou sua principal obsessão, tende a ser reprovada

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados. Foto: Alan Santos/PR
Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados. Foto: Alan Santos/PR
Apoie Siga-nos no

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), definiu em reunião de líderes na tarde desta segunda-feira 9 pautar para a terça-feira 10 a análise, em plenário, da PEC do Voto Impresso, de autoria da bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF).

O voto impresso se transformou na principal obsessão de Jair Bolsonaro e de sua tropa de choque no Congresso. Nesta segunda, em entrevista à Rádio Brado, da Bahia, o presidente admitiu que a proposta deve ser reprovada e voltou a atacar Luís Roberto Barroso, presidente do Tribunal Superior Eleitoral e ministro do Supremo Tribunal Federal.

“O Barroso apavorou. Foi para dentro do Parlamento fazer reuniões com lideranças praticamente exigindo que o Congresso não aprovasse o voto impresso”, acusou.

Em entrevista à rádio CBN, Lira afirmou que, independentemente do resultado da votação da PEC, é necessário que a decisão seja aceita por vencedores e derrotados.

“Temos que ter o compromisso em relação ao respeito do resultado. Já temos uma PEC dessa aprovada desde 2015 e o Senado nunca quis se debruçar. Não legislar também é legislar”, declarou o presidente da Câmara.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.