CartaExpressa

‘Moro será desativado por seus donos nos EUA porque ficou imprestável’, diz Renan

O senador, que relatou a CPI da Covid, classificou o ex-juiz como ‘um robô de primeira geração, sem capacidade de aprender’

O senador Renan Calheiros (MDB-AL). Foto: Pedro França/Agência Senado
O senador Renan Calheiros (MDB-AL). Foto: Pedro França/Agência Senado
Apoie Siga-nos no

O senador Renan Calheiros (MDB-AL), que ocupou o posto de relator da CPI da Covid, usou as redes sociais nesta quarta-feira 19 para criticar o pré-candidato do Podemos à Presidência, o ex-juiz Sergio Moro.

Renan classificou Moro como “um robô de primeira geração, sem capacidade de aprender.”

“Foi criado para a Lava Jato e não passou por adaptações para nenhuma nova função. Além disso, não tem sentimento nem emoção, é oco. Qualquer dia será desativado por seus donos nos EUA porque ficou imprestável”, completou Renan.

Horas antes, o ex-presidente Lula (PT), em entrevista a jornalistas de sites independentes em Brasília, voltou a tratar de sua condenação no âmbito da Operação Lava Jato. Ao se referir a Moro, responsável pela decisão considerada suspeita pelo STF, o petista chamou o atual adversário político de “canalha” e “santo de barro”.

“Eu tive sorte do povo brasileiro que me ajudaram a provar a farsa que foi montada contra mim em vida. Consegui desmontar o canalha que foi o Moro no julgamento dos meus processos, o Dallagnol, a mentira, fake news, o PowerPoint da quadrilha. Tudo isso eu consegui provar que quadrilha eram eles”, disse Lula ao tratar da decisão que lhe cassou os direitos políticos em 2018.

Minutos depois da entrevista, Moro foi às redes sociais para responder Lula: “Canalha é quem roubou o povo brasileiro durante anos e quem usou nosso dinheiro pra financiar ditaduras. E quadrilha é o nome do grupo que fez isso, colocado por você, Lula, na Petrobras. Você será derrotado. Só ofende pois não tem como explicar a corrupção no seu Governo”.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.