CartaExpressa

Ministro confirma reunião com Jair Renan, mas diz que não sabia quem era

Polícia Federal investiga se houve tráfico de influência no encontro entre Rogério Marinho e o filho mais novo do presidente

Jair Renan e Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Jair Renan e Jair Bolsonaro. Foto: Reprodução/Redes Sociais
Apoie Siga-nos no

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, confirmou a reunião com Jair Renan, o 04, mas alegou não saber que ele era filho do presidente Jair Bolsonaro até serem apresentados no dia do encontro.

A declaração foi dada durante audiência da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle, na Câmara dos Deputados, na terça-feira 6. O ministro prestou esclarecimentos sobre o encontro que ocorreu no ano passado.

Marinho justifica que a reunião foi marcada por Jair Fonseca, assessor do presidente. E que Renan participou apenas como ouvinte e por isso não aparece como participante na agenda oficial. O tema era “inovações no setor habitacional”. A empresa de Jair Renan atua no ramo de eventos.

A Polícia Federal investiga suspeitas de tráfico de influência do filho mais novo de Bolsonaro e sua empresa, a Bolsonaro Jr Eventos e Mídia.

Jair Renan teria beneficiado empresas com as quais tem relações comerciais, como a Gramazine e o Grupo WK. Os envolvidos negam.

As empresas são do empresário Wellington Leite, que participou do encontro com o ministro e doou um carro elétrico de 90 mil reais à empresa do filho do presidente.

Além de Marinho, Leite já foi recebido pelo próprio presidente Bolsonaro em um encontro fora da agenda oficial. A foto foi divulgada pelo empresário nas redes sociais.

CartaCapital

CartaCapital Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.