CartaExpressa

Lula decreta luto oficial de três dias pela morte de Rita Lee

A artista morreu na noite desta segunda-feira 8, aos 75 anos

Lançamento do livro autobiográfico da cantora Rita Lee, em novembro de 2016. Foto: Reprodução
Apoie Siga-nos no

O presidente Lula (PT) decretou luto oficial de três dias, em todo o País, devido à morte da cantora Rita Lee. O decreto foi assinado nesta terça-feira 9.

“Rita Lee Jones é um dos maiores e mais geniais nomes da música brasileira. Cantora, compositora, atriz e multiinstrumentista. Uma artista à frente do seu tempo. Julgava inapropriado o título de rainha do rock, mas o apelido faz jus a sua trajetória”, escreveu o presidente nas redes sociais.

A artista morreu na noite desta segunda-feira 8, aos 75 anos. Ela foi diagnosticada com câncer de pulmão em 2021 e desde então tratava a doença.

O velório será aberto ao público no Planetário do Parque Ibirapuera, nesta quarta-feira 10, das 10h às 17h. “De acordo com a vontade de Rita, seu corpo será cremado. A cerimônia será particular. Neste momento de profunda tristeza, a família agradece o carinho e o amor de todos”, diz a família.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor…

O bolsonarismo perdeu a batalha das urnas, mas não está morto.

Diante de um país tão dividido e arrasado, é preciso centrar esforços em uma reconstrução.

Seu apoio, leitor, será ainda mais fundamental.

Se você valoriza o bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando por um novo Brasil.

Assine a edição semanal da revista;

Ou contribua, com o quanto puder.