CartaExpressa

Justiça de SP manda Google republicar vídeo com conteúdo antivacina

Em vídeo veiculado pelo canal Aliados Brasil Oficial, o empresário Gustavo Reis mente sobre os imunizantes

Foto: Niharb
Foto: Niharb
Apoie Siga-nos no

A Justiça de São Paulo determinou ao Google que republique no Youtube um vídeo que foi retirado do ar, em setembro do ano passado, devido ao seu conteúdo antivacina. As informações são do jornalista Rogério Gentile, da Folha de S.Paulo.

No vídeo ‘Olhar de Direita’, veiculado pelo canal Aliados Brasil Oficial, o empresário Gustavo Reis coloque em xeque a eficácia da vacina, diz que ela “não salva ninguém” e que ela não foi produzida para “imunizar as pessoas contra o vírus chinês”, e, sim, “para a redução populacional da agenda globalista”.

O Google removeu a publicação por entender que disseminava informações falsas.

Já o juiz Guilherme Silveira Teixeira avaliou o ato como censura, contrariando a Constituição. “As declarações inverídicas são inevitáveis ao livre debate de ideias e, por isso, devem ser protegidas pela garantia constitucional. A verdade não pode ser condição de acesso ou permanência em um fórum público”, afirmou na sentença.

Em resposta à decisão, a plataforma disse à Justiça não se tratar de um caso de censura e que apenas aplicou as regras de conduta previstas em sua política de uso. Ainda esclareceu que as regras são aceitas pelos usuários e que a penalidade imposta, no caso a remoção do vídeo, está contratualmente prevista na ocorrência de descumprimento. O Google pode recorrer da decisão da Justiça.

 

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.