CartaExpressa,Política

Horas antes de depoimento, Hang se reuniu com Ricardo Barros, investigado pela CPI

Horas antes de depoimento, Hang se reuniu com Ricardo Barros, investigado pela CPI

O empresário Luciano Hang. Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O empresário Luciano Hang. Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado

O empresário e militante bolsonarista Luciano Hang, dono das lojas Havan, confirmou em depoimento à CPI da Covid ter se encontrado com o líder do governo de Jair Bolsonaro na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), na manhã desta quarta-feira 29. O senador Jorginho Mello (PL-SC) também esteve na reunião.

“Estive com ele [Barros] hoje. Não só com ele. Acordei às 6h30, o Jorginho estava comigo. Acordamos cedo, tomamos café, estivemos juntos”, disse Hang após questionamento do vice-presidente da comissão, Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Em agosto, Barros foi incluído formalmente no rol de investigados pela CPI. A decisão foi tomada após o colegiado ouvir o deputado em uma sessão conturbada, na qual ele discutiu com senadores.

“Óbvios indícios de sua participação nessa rede criminosa que tentava vender vacinas através de atravessadores, comprometendo muitas vezes setores de sua própria família, e fazendo com que País perdesse oportunidade de comprar vacina na hora certa”, disse o relator, Renan Calheiros (MDB-AL), em referência a Barros.

“É pelo conjunto da obra, pelos indícios, envolvimento, pela comprovação da participação dele em muitos momentos. Ele, a partir de hoje, é mais um investigado formal. No enfrentamento da pandemia, no caso Covaxin, e em outros casos”, acrescentou Calheiros na ocasião.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem