CartaExpressa,Política

Em cerimônia com Fux e Pacheco, Bolsonaro sanciona a criação do TRF-6

Em cerimônia com Fux e Pacheco, Bolsonaro sanciona a criação do TRF-6

Foto: Reprodução/TV Brasil

Foto: Reprodução/TV Brasil

O presidente Jair Bolsonaro sancionou, nesta quarta-feira 20, o projeto de lei que cria o Tribunal Regional Federal da 6ª Região, com sede em Minas Gerais. A nova Corte contará com 18 magistrados.

Agora, o TRF-1, sediado em Brasília, deixa de ter jurisdição sobre Minas e continua a atender 12 estados, além do Distrito Federal: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Participaram da cerimônia de sanção, entre outros, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Luiz Fux, e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

“A Justiça Federal foi concebida de forma racional, mas havia um desequilíbrio de 14 unidades da Federação estarem no TRF-1. E dessas 14, Minas responder por 40% da demanda”, disse Pacheco no evento.

Segundo Fux, a criação de mais um tribunal “consagra um ideal de Justiça” e “realiza um sonho de Justiça”.

Para Bolsonaro, “esse novo TRF simboliza mais agilidade, e precisamos disso”.

“Todos nós estamos ganhando”, afirmou ainda o ex-capitão. “Estou muito feliz com este momento”.

 

Um minuto, por favor...

Obrigado por ter chegado até aqui. Combater a desinformação, as mentiras e os ataques às instituições custa tempo e dinheiro. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se você acredita no nosso trabalho, junte-se a nós. Apoie, da maneira que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo integral de CartaCapital!

Compartilhar postagem