CartaExpressa

Comissão de Ética Pública pune o bolsonarista Ricardo Salles

A decisão se deve a uma série de viagens a São Paulo com dinheiro público sem os devidos registros na agenda oficial

Créditos: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Apoie Siga-nos no

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República puniu o deputado federal Ricardo Salles (PL-SP), ex-ministro do Meio Ambiente, em decorrência de uma série de viagens a São Paulo bancadas com dinheiro público.

Foram mais de 130 viagens nacionais durante o período em que ele esteve à frente da pasta no governo de Jair Bolsonaro. Do total, 90 tiveram São Paulo como destino.

Por 4 votos a 3, a CEP entendeu que viagens de Salles ao estado ocorreram sem os devidos registros dos compromissos públicos na agenda oficial, em violação ao princípio da transparência. A conduta configurou infração ética, na avaliação do órgão.

A penalidade aplicada foi a de censura ética, que consiste em manter nos assentamentos funcionais do servidor, por até três anos, o registro da punição.

Ao jornal O Estado de S.Paulo, Salles alegou inicialmente desconhecer a decisão. Depois, disse ter argumentado à CEP que havia escassez de voos diretos durante a pandemia, o que fazia com que viagens a outras regiões partissem de São Paulo.

ENTENDA MAIS SOBRE: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Relacionadas

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Apoie o jornalismo que chama as coisas pelo nome

Os Brasis divididos pelo bolsonarismo vivem, pensam e se informam em universos paralelos. A vitória de Lula nos dá, finalmente, perspectivas de retomada da vida em um país minimamente normal. Essa reconstrução, porém, será difícil e demorada. E seu apoio, leitor, é ainda mais fundamental.

Portanto, se você é daqueles brasileiros que ainda valorizam e acreditam no bom jornalismo, ajude CartaCapital a seguir lutando. Contribua com o quanto puder.

Quero apoiar