CartaExpressa

Com dois anos de atraso, governo Bolsonaro cria comitê para ‘proteger’ indígenas da Covid

CartaCapital revelou nesta segunda-feira como um novo surto de Covid-19 e influenza tem colocado indígenas do Norte do Brasil em risco

Registro de protesto de membros de comunidades indígenas em Brasília, em junho. Foto: Tiago Miotto/Cimi
Registro de protesto de membros de comunidades indígenas em Brasília, em junho. Foto: Tiago Miotto/Cimi
Apoie Siga-nos no

O governo de Jair Bolsonaro (PL), depois de quase dois anos de pandemia da Covid-19 no Brasil, criou nesta segunda-feira 10 um comitê de enfrentamento da Covid-19 para os povos indígenas. A informação é do jornal Folha de S. Paulo.

A criação do grupo que busca ‘proteger’ os indígenas da doença é uma resposta, também com atraso, da determinação do ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso. Em julho de 2020, a decisão do ministro obrigava o governo a criar um plano para atender esta população.

Neste período, três tentativas de plano foram apresentadas e rejeitadas pelo ministro por não atenderem ao que foi determinado em sua decisão, como a criação de barreiras sanitárias e o envolvimento de lideranças indígenas para tomar as decisões.

O colegiado formado pelo governo nesta segunda será o “responsável pela governança e pelo monitoramento das ações de combate à pandemia da Covid-19 destinadas aos povos indígenas, notadamente os isolados e de recente contato”, de acordo com nota do próprio governo. A gestão ficou a cargo do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

CartaCapital revelou nesta segunda-feira como um novo surto de Covid-19 e influenza coloca indígenas do Norte em risco. Comunidades inteiras estão sendo afetadas pelas doenças, tornando a situação crítica em diversas comunidades.

Vale lembrar ainda que um pedido de indiciamento de Jair Bolsonaro por promover genocídio contra povos indígenas chegou a ser cogitado pela CPI da Covid no Senado. Por uma disputa interna entre a cúpula da comissão, a indicação do crime foi retirada. Lideranças indígenas, no entanto, recorreram ao Tribunal Penal de Haia, onde protocolaram uma denúncia contra o presidente.

CartaCapital
Há 27 anos, a principal referência em jornalismo progressista no Brasil.

Tags: , , ,

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.

Leia também

Jornalismo crítico e inteligente. Todos os dias, no seu e-mail

Assine nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba um boletim matinal exclusivo

Um minuto, por favor...

Apoiar o bom jornalismo nunca foi tão importante

Obrigado por ter chegado até aqui. Nós, da CartaCapital, temos o compromisso diário de levar até os leitores um jornalismo crítico, que chama as coisas pelo nome. E sempre alicerçado em dados e fontes confiáveis. Acreditamos que este seja o melhor antídoto contra as fake news e o extremismo que ameaçam a liberdade e a democracia.

Se este combate também é importante para você, junte-se a nós! Contribua, com o quanto que puder. Ou assine e tenha acesso ao conteúdo completo de CartaCapital.